Bem Vindo ao site da Paróquia Santa Eulália de Aguada de Cima.

Se quiser deixar sugestões, pode e deve fazê-lo na área contacto .

Esperamos que ache este site útil, e muito obrigado pela visita.
Por que razão passamos a vida a pedir? Imprimir e-mail

José Luís Nunes Martins

Será que somos assim tão necessitados?

A verdade é que face ao mundo, aos outros e até perante nós mesmos, pedimos, exigimos, imploramos, fazemo-nos vítimas de alguém que se terá esquecido, de forma injusta, das nossas carências e parece desejar a nossa infelicidade.

Precisamos sempre de algo.

Parece até que é sempre apenas essa coisa concreta que nos separa da paz. Mas, depois, nunca é assim!

Agradecemos o que nos vai sendo concedido, mas apenas se o tivermos pedido!

Comparamo-nos de forma constante com os que julgamos estarem acima de nós. Por que razão não temos nós o mesmo? Dói-nos o vazio e a injustiça de estarmos privados de algo que sentimos como nosso, mas que nos está a ser roubado.

Não é preciso compararmo-nos com os que têm menos do que nós, apenas aprender com eles a lidar com a adversidade e a ser felizes, apesar de não terem muito do que nós temos, apesar de nos esquecermos de o partilhar com eles, apesar de tudo.

E se, em vez de listas de pedidos, nos dedicássemos a admirar o que temos, o que nos é dado a viver, sem que sequer o tenhamos pedido? Nem é preciso agradecer, é só mesmo para usufruir da bondade e da beleza que nos rodeiam e de que somos feitos.

A existência de cada um de nós é sempre dura, simples e profunda. No final desta vida, poucas frases serão suficientes para a condensar. Tratemos de as compor de forma digna e elevada, como um elogio à liberdade e não como uma lista de reclamações.

A vida é tão generosa connosco e nós tão mesquinhos com ela…

A felicidade conquista-se no dar, não no receber. Não é uma esmola, é uma recompensa. Não depende do que temos, mas sim do que escolhemos ser!

Fonte: Ecclesia

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Celebrações

Sábados:

20h00-Igreja Matriz 

21h15-S. Martinho

 

Domingos:


09h00-Agadão

10h15-Belazaima

11h30-Aguada de Cima

 

Quinta-feira:

20h30-Igreja Matriz 

 

Durante a semana,

nos lugares:

20h30

Horário de Cartório

De Terça a Sexta-feira das 14h30 as 18h30.

CAE
O Centro de Atendimento Espiritual está encerrado. Em caso de necessidade procure um sacerdote do Arciprestado.
Note Bem
Datas importantes para a Comunidade 
 
15 de Agosto - Dia da assunção de Nª Sª. Eucaristias à hora habitual de Domingo.
 
16 de Agosto - Missa de 7º Dia pelo Padre Fragoso, na Igreja.
 
19 de Agosto - Festa em honra da Sª dos Milagres na Falgarosa.
                      - Festa em honra de Nª Sª de Fátima na Povinha
 
Durante o Mês de Agosto, o Cartório Paroquial estará aberto à Quarta e Quinta-feira, das 16 às 19 horas. (excepto se houver funeral)
 
 
Populares
Agenda
« < Agosto 2018 > »
D S Q Q Q S D
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1
Liturgia
Quem está Em Linha
Temos 8 visitantes em linha