Ministério do Acólito Imprimir e-mail

                 O Acólito é alguém que ajuda à Eucaristia e a outros ministérios do Altar.

                Em primeiro lugar, ajuda à Eucaristia. Esse é momento mais importante para um Acólito. Para todo o cristão, a Eucaristia é a fonte da sua vida e o seu cume. Para um Acólito, com muito maior razão. O Acólito tem de amar a celebração da Eucaristia, pois nela está presente Jesus Cristo, o Senhor, de um modo muito especial:

                               . Está presente no Sacerdote que preside;

                               . Está presente na Palavra proclamada nas Leituras;

                               . Está presente na reunião dos cristãos na igreja;

                               . Está presente, sobretudo, no pão e no vinho consagrados.

                Em segundo lugar, o Acólito realiza também outros ministérios. Isto é, ele é um “ministro”, palavra que significa “servidor”. Portanto, o Acólito é alguém que tem um autêntico espírito de serviço e que fica contente quando, com as suas acções, presta uma ajuda eficaz à sua paróquia e aos seus irmãos cristãos.

                O Acólito presta um autêntico serviço ao Senhor que se torna presente sobre o altar e ao sacerdote que o representa pela ordenação que recebeu; presta ainda um grande serviço a toda a Comunidade reunida para celebrar a Eucaristia e as demais acções litúrgicas.

                Ser Acólito é um ministério precioso. Alegre servidor de Deus e dos irmãos!

                Não se deve desejar ser Acólito para se fazer notar pelos outros, para passear à frente dos outros com uma túnica bonita, nem para passar algum tempo com os amigos, nem para agradar aos pais ou aos avós. Servir ao altar é uma Missão muito importante, que se recebe de Jesus.

                O Acólito deve ter, antes de mais, um grande desejo de servir ao Senhor, ao sacerdote e a toda a comunidade. Deve amar Jesus de todo o coração e desejar ardentemente que toda a gente o conheça e o escute. (cf. “O Livro do Acólito”, de Jaume González Padrós, Ed. Paulinas)

 

(O Grupo está em reestruturação)

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >