Catequese Paroquial de Jovens Imprimir e-mail
                “Com a idade da juventude chega o momento das primeiras grandes decisões. Apoiados, porventura pelos membros da família e por amigos, contudo entregues a si mesmos e à sua consciência moral, são os jovens que passam a ter de assumir por si próprios a responsabilidade do seu destino, de modo cada vez mais frequente e determinante. O bem e o mal, a graça e o pecado, a vida e a morte afrontar-se-ão no mais íntimo deles mesmos. Como categorias morais, certamente, mas sobretudo como opções fundamentais que eles têm de assumir ou rejeitar, com lucidez, conscientes da própria responsabilidade. É evidente que nesta fase uma catequese que denuncie o egoísmo apelando para a generosidade, que apresente, sem simplismos nem esquematismos ilusórios, o sentido cristão do trabalho, do bem comum, da justiça e da caridade, uma catequese da paz entre as nações e da promoção da dignidade humana, do desenvolvimento e da libertação, tais como estas coisas são apresentadas nos documentos recentes da Igreja, terá de completar de maneira feliz no espírito dos jovens uma boa catequese das realidades propriamente religiosas, a qual nunca deve ser descurada. A catequese assume então uma importância considerável. É o momento em que o Evangelho poderá ser apresentado, compreendido e acolhido como algo capaz de dar sentido à vida, e por isso de inspirar atitudes de outra forma inexplicáveis, como por exemplo: a renúncia, o desapego, a mansidão, a justiça, a fidelidade aos compromissos, a reconciliação, o sentido do Absoluto e do invisível, etc., outros tantos traços que hão-de permitir identificar determinado jovem entre os seus companheiros como discípulo de Cristo…” (CT, 39, João Paulo II)

 

               


 

GRUPO NOVA JUVENTUDE CRISTÃ (NJC)

 

                “Jovens de todos os continentes, não tenhais medo de ser os santos do novo milénio! Sede contemplativos e amantes da oração, coerentes com a vossa fé e generosos no serviço aos irmãos, membros vivos da Igreja e artífices de paz. Para realizardes este importante projecto de vida, permanecei na escuta da sua Palavra, aspirai ao vigor dos Sacramentos, especialmente da Eucaristia e da Penitência. O Senhor quer que sejais apóstolos intrépidos do seu Evangelho e construtores duma nova humanidade. Com efeito, como podereis afirmar que credes em Deus que Se fez homem, se não tomais posição contra aquilo que avilta a pessoa humana e a família? Se credes que Cristo revelou o amor do Pai por todas as criaturas, não podeis deixar de envidar todo o esforço para contribuir na edificação dum mundo novo, fundado sobre o poder do amor e do perdão, sobre a luta contra a injustiça e toda a miséria física, moral, espiritual, sobre a orientação da política, da economia, da cultura e da tecnologia ao serviço do homem e do seu desenvolvimento integral.” (MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II  POR OCASIÃO DA XV JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE, 3)

 

                A Nova Juventude Cristã tem como linhas orientadoras o ser o motor e motivador para a Pastoral Juvenil da nossa paróquia e o apostar no crescimento pessoal de cada elemento do NJC.

                Os meios para concretizar estas linhas orientadoras são:

                • Cada elemento do NJC, partindo do princípio de que é o jovem que evangeliza outro jovem,

                • Propostas do Secretariado Diocesano de Pastoral Juvenil,

                • Propostas da Equipa Arciprestal de Jovens,

                • Propostas do Departamento Nacional de Pastoral Juvenil.

 

  • O NJC reúne às sextas feiras pelas 21h30 no centro paroquial.
 
Site: http://njc.santaeulalia.com.pt
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >